quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Segurança é a chave.

Uma das coisas que venho acumulando em mim é a confiança. Engraçado, percebi que é tão gostoso confiar em si mesmo, e não apenas deixar que o outro confie em você, pois isto, apesar de ser ótimo, pode fazer com que se esqueça do que realmente importa: auto-confiança. Concorde: vivemos numa eterna competição. Somos completamente animais quando a questão é vencer. Hoje, eu acredito muito mais que a minha vitória é, necessariamente, a sua derrota. Eu sou seu adversário. Assim, para ganhar qualquer “parada” não basta apenas querer. Aliás, essa é uma frase que esse ano eu ouvi bastante: "Você só não consegue porque não quer." Entretanto, acredito que não basta dizer "sim, eu quero" e pronto, tudo o que desejo estará na palma da minha mão. Não é por aí. Acredito mesmo é na segurança!

Quem nunca viveu momentos de insegurança, que atire a primeira pedra. Mas não em mim, por favor. Sim, eu, por exemplo, já vivi vários e na maioria deles mais do que insegurança, faltou mesmo confiança. Se você atirou a pedra, não precisa me dizer que caiu no seu próprio pé porque eu já sei. Não tente se burlar. Confiança é algo tão importante na vida de qualquer pessoa que quando você sente que a perdeu por algum instante, de predador você passa a ser presa, e das fáceis. Não se esqueça que vivemos numa disputa em que qualquer deslize pode ser fatal. A esperança, as metas, os ideais, tudo se esvai. Logo, você começa a repetir "Não vou conseguir!" e isto, sim, se torna uma verdade.

"Tô lutando para chegar lá!", "Meu sonho é chegar lá!". Já ouviu alguma dessas frases? Ou melhor, já as disse para si mesmo? Sim, chegar lá não é mesmo uma tarefa fácil. Porém, seja o objetivo que for, não lute tão pouco sonhe sem estar realmente seguro de tudo o que rodeia este sonho ou objetivo. As pessoas estão cada vez mais esquecendo de olhar para si mesmas para entender que o único modo de encontrar o caminho certo que a leve ao ponto exato está dentro delas. Está dentro de mim, e de você. Sei que você, assim como eu, também quer alguma coisa que exige esforço, dedicação e atenção. Uns precisam de muito, outros de nem tanto. Não importa. Independentemente do que se deseja, deseje com segurança. Ela está aí, com certeza, não duvide da sua existência. Confiar em si próprio é pisar em terreno sólido, sem risco de rachaduras ou quedas, e não é tarde, nunca será tarde. Se cair, levante. Se chorar, chore, mas pare. Quando parar, ainda que com os olhos vermelhos e inchados, acredite em você. Mais relevante que qualquer pessoa acreditar na sua potencialidade por mais importante ela que seja, é crer no seu próprio eu.

Isso posto é pra te dizer: neste sábado e domingo ( 6 e 7 de novembro) o ENEM vai bater a minha e a sua porta e, além de caneta esferogáfica de tinta preta e a sua ansiedade para saber o tema da redação, leve consigo confiança, e por fim, tranquilidade. Ainda que todos torçam por você, o seu sucesso só não estará, de fato, comprometido se montar a sua própria torcida, se acreditar em si mesmo, de verdade. Você que sempre atirou pedras, neste final de semana vai tornar-se vidraça. Logo, a solidez desta vidraça vai depender, incondicionalmente, da sua própria segurança. Eu vou chegar lá, e você?

BOA PROVA!


V.B.

4 comentários:

  1. se fosse no twitter eu dava RT em tudo o que vc falou!

    ResponderExcluir
  2. Massa ;D

    http://porummomentonet.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. se fosse no twitter eu dava RT em tudo o que vc falou! [2]

    ResponderExcluir